Relato de viagem

Como chegar ao Monte Roraima

O Monte Roraima pertence a três países: Venezuela (maior parte), Guiana e Brasil (menor parte). Apesar de ser multinacional o acesso é feito pelo lado venezuelano, que tem o acesso mais fácil, chamado de La Rampa,  não sendo necessário o uso de técnicas de verticais, mas somente muita disposição para caminhar.

Para o brasileiros a forma mais fácil de chegar ao Monte Roraima é através de Boa Vista, capital de Roraima e de lá cruzar a fronteira e seguir para a trilha. O roteiro seria: alguma cidade no Brasil -> Boa Vista -> Pacaraima (BR) -> Santa Elena (VE) -> Paraitepuy (VE) -> Monte Roraima. Para facilitar eu vou explicar a melhor forma em quatro etapas abaixo. Para todos os detalhes da viagem ao Roraima veja o índice dos relatos.

Como chegar a boa Vista

A capital de Roraima é Boa Vista, a única capital brasileira totalmente no hemisfério norte. A cidade tem cerca de 314 mil habitantes e concentra mais de dois terços da população do estado. Para chegar à cidade a melhor forma é de avião. A TAM, a Gol e a Azul operam voos diários para lá, fazendo escala/conexão em Brasília ou Manaus e tendo uma duração de cerca de 8 horas, se você mora na região nordeste ou sudeste. Se você mora na região norte pode pegar um voo que dura bem menos. De Manaus é 1 hora de voo.

Saguão principal do aeroporto de Boa Vista Saguão principal do aeroporto de Boa Vista

Os voos para Boa Vista custam R$ 1000,00 ou mais, podendo ser comprado por cerca de R$ 800,00 se for com antecedência ou por cerca de R$ 600,00 em boas promoções como a que conseguimos. A exceção vale se você for partir da própria região norte. Nesse caso o custo deve ser bem menor e obviamente se estiver vindo da região sul o custo pode ser bem maior.

O aeroporto de Boa Vista é bem pequeno, o que é natural devido ao pouco volume de voos. Fica localizado próximo ao centro da cidade (3 km), sendo fácil e barato seguir do terminal para um hotel ou pousada. Um táxi saindo do aeroporto vai lhe custar entre 20 e 30 reais, dependendo do horário e destino. Em Boa Vista o sistema de táxi lotação (táxi compartilhado) é regulamentado e custa R$ 3,40 por pessoa, mas não faz o trajeto para o Aeroporto.

De carro

Se você é do tipo que gosta de pegar a estrada pode chegar a Boa vista a partir de Manaus, pela BR 174. Essa é a única rodovia brasileira que chega a Boa Vista. São 750 km a partir da capital do Amazonas.

Veja este post para atrações e o que fazer em Boa Vista

Cruzando a fronteira Venezuelana

Como explicado o Monte Roraima é compartilhado entre Brasil, Venezuela e Guiana, mas o acesso é feito pelo lado venezuelano. A cidade que funciona como base para quase todos os aventureiros que desejam chegar ao topo é Santa Elena do Uiarén. É uma cidade que fica no estado chamado de Bolivar, na região da Gran Sabana.

Posto de Fronteira da Venezuela SENIAT Posto de Fronteira da Venezuela SENIAT

 

Para chegar a Santa Elena, partindo de Boa Vista, são 230 km. A última cidade do lado brasileiro é Pacaraima, já pertinho da fronteira. A melhor forma de fazer esse trajeto é de táxi. Sim, há táxis que te levam até Pacaraima ou até mesmo até Santa Elena, do lado venezuelano. É importante estar com toda a documentação necessária. Veja todos perigos e dicas para cruzar a fronteira.

Os táxis que fazem esse trajeto são licenciados para isso e tem normalmente uma faixa vermelha, com a inscrição 'PACARAIMA - INTERMUNICIPAL". Apesar do intermunicipal eles são na verdade internacionais, por que vão de um país a outro!

 

Táxi intermunicipal para Santa Elena Táxi intermunicipal para Santa Elena

 

Há duas opções para fazer esse trajeto por conta própria: táxi particular ou táxi lotação. Nos dois casos os táxis são so mesmos, mas você pode contratar o táxi só para você e seu grupo (pagando R$ 200 pelo táxi) ou ir no esquema lotação, no qual você paga R$ 40,00 por pessoa e o taxista se encarrega de encontrar outros passageiros para encher o táxi.

Você tem também a opção de contratar o táxi só até Pacaraima, passar pela fronteira e depois contratar um táxi venezuelano para te levar até Santa Elena, mas não recomendo. é muito mais prático contratar o trajeto inteiro com um brasileiro e a economia, se houver, será ínfima. Vale lembrar que se você estiver indo por uma agência brasileira é possível que esse trajeto já esteja no seu pacote. Veja aqui as opções de guia e agências para o Roraima.

 

Esse percurso de Boa Vista a Santa Elena dura cerca de 3 horas, incluindo a passagem pela fronteira. Se você tiver contratado o táxi até Santa Elena, quando chega no posto de controle de fronteira do lado brasileiro o  táxi para e espera você dar saída na Polícia Federal e depois no SENIAT, do lado venezuelano.

Não se iluda por ver várias pessoas passando pela fronteira sem parar nos postos de controle. Há uma regra especial para quem só vai até a cidade vizinha. Se você passar direito e não fizer os trâmites dos dois lados da fronteira pode ter problemas em posto de controle avançados do lado venezuelano. <Veja este post para mais informações sobre como cruzar a fronteira da Venezuela>.

Táxi intermunicipal do Chiquinho Táxi intermunicipal do Chiquinho

Santa Elena fica a poucos quilômetros depois da fronteira venezuelana. É uma cidade de cerca de 30.000 habitantes. Parece uma cidade de interior brasileira e a maior parte da economia é voltado para o turismo e para a mineração. Veja dicas sobre Santa Elena.

Para tomar um táxi intermunicipal para Santa Elena há duas opções: ir para o terminal do Caimbé (Av. dos Imigrantes, 453) e se juntar a outros turistas para lotar um táxi ou ligar e pedir para te pegar. Se seu hotel for mais ou menos no caminho não há custo adicional. Recomendo o serviço de dois taxistas: o Chiquinho 95 981135876 (whatsapp) e o Levy 95 991227870. Inicialmente marcamos com um chamado Kaio (carro 024), mas ele furou e nos deixou na mão. Se puder evite-o.

De Santa Elena  a ParaitepuY

Paraitepuy é a vila de onde partem as expedições para o Monte Roraima. É o ponto até onde você vai de carro e depois começa a trilha efetivamente. Esse trecho normalmente é feito de carro 4x4. São 89 quilômetros, sendo 64 de estrada asfaltada e o restante de barro, ou carretera rustica, como eles chamam.

Trajeto de jipe de Santa Elena até Paraitepuy Trajeto de jipe de Santa Elena até Paraitepuy

Como você vai fazer esse trajeto depende de como você tenha organizado sua expedição. Se você for por uma agência esse trajeto já vai estar no pacote. Em condições normais o mesmo deve acontecer se você tiver contratado o serviço de um guia. Mesmo no esquema da contratação direta normalmente já está incluso os transportes até Paraitepuy, as licensas necessárias para entrar no parque e a alimentação. Mas é importante que você esclareça isso com o guia ou a agência. Veja aqui as opções de guia e agências para o Roraima.

O trecho dessa estrada é de barro e sacoleja tanto que no retorno ficamos um pouco enjoados. Não chegamos a vomitar, mas ficamos com aquela sensação de embrulho. Em alguns trechos da estrada já é possível ver o Monte Roraima de longe e também o seu vizinho, o Kukenan. Paraitepuy é uma vila de indígenas, pobre e que não tem estrutura. De forma geral toda essa região da Venezuela é pobre e por isso não espere luxo ou conforto, pois quem vai para o Roraima deve estar disposto a passar perrengue.

Preparação das mochilas em Paraitepuy Preparação das mochilas em Paraitepuy

Chegando na vila normalmente é servido um lanche ou almoço pelo guia ou agência. É necessário também assinar uma ficha com o guarda do parque, onde é registrada a data de sua entrada. O guia deve te orientar quanto a isso.

De Paraitepuy ao Monte Roraima

A partir de Paraitepuy é mochila nas costas e força nas pernas. Só há duas formas de chegar ao topo do Roraima: a pé ou de helicóptero e como a maioria dos mortais não vai pagar uma fortuna pelo helicóptero sobre a opção da trilha, que é a mais interessante.

Na trilha para o Monte Roraima Na trilha para o Monte Roraima

A maioria dos roteiros incluem dormidas nos acampamentos já estabelecidos no trajeto. O primeiro é o Tek, a 12 quilômetros de paraitepuy. O segundo é o Base Mlitar, 8 quilômetros depois do Tek. O terceiro normalmente é a Gruta Índio, já no topo, depois de subir a chamada La Rampa. No total a trilha toda, incluindo os pontos a serem visitados lá no platô do Roraima perfaz cerca de 85 km. O trecho que exige mais esforço sem dúvida é o trecho da subida de 3 km, que normalmente é feita em cerca de 4 horas. Por padrão são necessários 3 dias para subir (desde Paraitepuy) e dois dias para descer. Veja mais detalhes sobre a trilha aqui.

Encontrou erros nesse post? Comunique!

Roteiro e Localização

Último local: Monte Roraima + detalhes
RBBV Código Criativo